Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Japão aumenta IVA para garantir segurança social

Japão aumenta IVA para garantir segurança social
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O Japão vai aumentar o IVA de 5 para 8 por cento a partir de 1 de abril de 2014. A decisão foi anunciada esta terça-feira pelo primeiro-ministro nipónico, Shinzo Abe, e justificada pela necessidade de manter a confiança dos mercados e garantir a segurança social no país, onde a população está cada vez mais envelhecida.

A dívida pública do Japão representa cerca de 245 por cento do PIB e o aumento do IVA era uma medida considerada essencial pelo FMI para que os nipónicos pudessem fazer frente ao défice.

Considerado uma medida essencial pelo Fundo Monetário Internacional (FMI), o aumento do IVA no Japão foi aprovado, como mero princípio, em 2012, quando o país ainda era governado por Yoshihiko Noda, o primeiro-ministro eleito pelo centro-esquerda – o atual chefe de governo foi eleito pelo centro-direita. A lei previa a aplicação apenas quando as condições económicas japonesas o permitissem, o que agora se verifica face à recente recuperação registada no PIB nipónico.

O aumento do IVA no Japão em 2014, aprovado 15 anos depois da última revisão (1997), estima-se que terá um impacto na ordem dos 60 mil milhões de euros naquela que é a terceira maior economia do planeta.