Última hora
This content is not available in your region

República da Irlanda decide futuro do Senado

República da Irlanda decide futuro do Senado
Tamanho do texto Aa Aa

Na República da Irlanda, os eleitores decidem esta sexta-feira se vão abolir a câmara alta do Parlamento, o Senado.

Por detrás da iniciativa estaria a necessidade de efetuar poupanças, uma opinião que não é partilhada por todos que apontam aqui uma tentativa do governo para centralizar poderes.

O projeto é defendido pelo primeiro-ministro Enda Kenny que fez desta iniciativa uma das bandeiras de campanha para as eleições legislativas de 2011.

Entre o eleitorado, o sim à abolição comanda as sondagens de opinião mas nos últimos dias o “não” recuperou algum terreno.

Os críticos acusam o partido no poder, Fine Gael, de querer centralizar o poder em vez de impleme ntar reformas políticas mais alargadas.

Segundo o primeiro-ministro, a abolição do Senado levaria a poupanças na ordem dos 20 milhões de euros por ano.

O Senado irlandês compreende 60 elementos e tem como função registar a legislação aprovada pela câmara baixa do Parlamento.