Última hora
This content is not available in your region

Pai de Snowden visita filho refugiado na Rússia

Pai de Snowden visita filho refugiado na Rússia
Tamanho do texto Aa Aa

O pai de Edward Snowden, o ex-consultor dos serviços secretos norte-americanos refugiado na Rússia, chegou esta quinta-feira a Moscovo para encontrar pela primeira vez o filho desde que o Kremlin lhe concedeu asilo político.

Lou Snowden disse que o filho nunca voltará provavelmente aos Estados Unidos, onde é procurado por espionagem, mostrou “reconhecimento” às autoridades rusas e acrescentou que “dadas as circunstâncias, ele estará bem. Está seguro e livre”.

O advogado do ex-consultor que deu a conhecer o vasto programa de espionagem da Agência de Segurança Nacional (NSA, sigla em inglês) dos Estados Unidos disse que Snowden está a aprender russo e à procura de trabalho.

Anatoli Koutcherena frisou que “ele já teve muitas ofertas de emprego e o assunto está a ser estudado. Ele vai encontrar um trabalho muito bem pago, pois é bastante competente”.

Ouvido na véspera no Senado brasileiro, o jornalista norte-americano Glenn Greenwald – que ajudou a tornar públicos os documentos da NSA – sugeriu que o Brasil deve conceder asilo a Snowden:

“Se um governo for sério a respeito da defesa da privacidade e da liberdade de imprensa, precisa de proteger as pessoas [que dão a conhecer essas informações], a começar pela pessoa que iniciou tudo, Edward Snowden”.