A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Domingo sangrento no Iraque

Domingo sangrento no Iraque
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Ataques bombistas no Iraque matam 49 pessoas e deixam perto de uma centena de feridos em diferentes pontos do país.

O atentados ocorreram em oito locais da capital iraquiana e arredores, sendo o mais violento numa área comercial da zona norte de Bagdade.

Também foram registadas ações diante de um banco em Mossul, no norte do país. A explosão ocorreu quando soldados iraquianos estavam em fila para receber os salários.

“Os carros foram incendiados e as lojas foram danificadas. Uma loja de um homem que vende esponjas foi completamente devastada pelo fogo. Porque é que tudo isso acontece? Não é um ser humano que comete tais atos”.

O nível de violência aumentou desde que as forças de segurança atuaram no fim de abril contra um protesto sunita contra o governo.

A intervenção provocou uma explosão de confrontos entre manifestantes e as forças da ordem com um balanço de mais de 200 mortos em poucos dias.