A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

S&P degrada nota da Ucrânia

S&P degrada nota da Ucrânia
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Standard&Poors (S&P) baixou a nota soberana da Ucrânia, num nível para “B-”. A perspetiva é negativa.

A agência de notação evoca as dificuldades do governo em aceder a fundos externos seguros, numa referência ao impasse nas negociações com o Fundo Monetário Internacional (FMI) para um empréstimo. Considera também preocupante a desvalorização das reservas cambiais do país, que caíram 26% em setembro, em termos anuais.

A Standard&Poors segue assim o exemplo da Moody’s, que cortou a nota no mês passado.

A situação da Ucrânia degradou-se nos mercados obrigacionistas, face ao impasse com o FMI. O organismo exige um aumento das tarifas do gás doméstico, o que Kiev recusa fazer.