Última hora

Última hora

Espanha: Embargadas propriedades do genro do Rei

Em leitura:

Espanha: Embargadas propriedades do genro do Rei

Espanha: Embargadas propriedades do genro do Rei
Tamanho do texto Aa Aa

Um juiz espanhol ordenou o embargo de propriedades do genro do rei Juan Carlos, Iñaki Urdangarin e do seu ex-sócio, Diego Torres, no valor de 6,1 milhões de euros para cobrir uma fiança civil.

O embargo, decretado pelo juiz José Castro, que está a instruir o processo conhecido como “Nóos”, abrange metade da casa de Urdangarin, duque de Palma, na cidade de Barcelona.

O juiz tinha imposto uma fiança civil de 8,1 milhões de euros sobre os dois, suspeitos de terem desviado vários milhões de euros de fundos públicos através do Instituto Nóos, uma sociedade de patrocínios à qual Urdangarin presidiu entre 2004 e 2006.

Este escândalo atingiu fortemente a família real que viu a sua popularidade descer para o nível mais baixo ao fim de quase quatro décadas de reinado.

O rei Juan Carlos conquistou o respeito dos espanhóis pelo seu papel na transição para a democracia após a morte de Franco em 1975.