Última hora
This content is not available in your region

UE aperta caça às multas de trânsito

UE aperta caça às multas de trânsito
Tamanho do texto Aa Aa

Excesso de velocidade e outras manobras perigosas dão multa e os condutores portugueses terão de as pagar mesmo que as tenham cometido noutro país da União Europeia.

Uma nova diretiva, que entra em vigor esta quinta-feira, permite às polícias de 25 estados-membros trocarem informações pela Internet e enviarem a multa para casa do infrator.

Só Reino Unido, Dinamarca e Irlanda não adotaram a nova diretiva.

O comissário de polícia belga, Michaël Jonniaux, explica que “muitos países recusavam-se a transmitir a identidade das pessoas que cometiam as infrações na Bélgica e era impossível obter os dados do condutor”.

“Mas com o novo sistema, essa identificação passa a ser feita rapidamente porque tanto os polícias belgas como os nossos colegas europeus terão acesso a um banco de dados denominado Euro Caris. No computador surgirão diretamente os dados do infrator, o que simplifica muito o processo de identificação”, acrescentou.

Não se trata apenas de uma comunicação para informar, mas de um aviso de cobrança.

Ao todo são oito as situações em que se pode cobrar a multa, incluindo conduzir sob o efeito do álcool ou usar o telemóvel.

A Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária é entidade que vai gerir a aplicação da diretiva em Portugal, que ainda está em fase de transposição.