Última hora
This content is not available in your region

Irão recusa responsabilidades na falta de acordo em Genebra

Irão recusa responsabilidades na falta de acordo em Genebra
Tamanho do texto Aa Aa

O Irão recusa responsabilidades no desfecho da última ronda de negociações em Genebra. Esta segunda-feira o secretário de Estado americano, John Kerry, afirmou que não foi concluído um acordo sobre o nuclear iraniano no final da semana passada porque Teerão não aceitou a proposta que recolhia a aprovação dos cinco membros permanentes do conselho de segurança da ONU mais a Alemanha.

O chefe da diplomacia iraniana refutou a acusação esta terça-feira. Javad Zarif recordou que os países ocidentais estavam divididos e atribuiu responsabilidades a um em particular, embora sem o mencionar. A Rússia, aliada do Irão, também desmentiu a afirmação de John Kerry. Em Genebra, o ministro francês dos Negócios Estrangeiros, Laurent Fabius, pronunciou-se publicamente contra o texto que estava em cima da mesa.

Apesar desta troca de palavras, todos se mostram confiantes quanto à possibilidade de alcançar um acordo. A próxima ronda de negociações está agendada para o dia 20. O Irão mantém-se intrasigente sobre dois pontos: o enriquecimento de urânio no seu solo e o fim das sanções.