Última hora

Polícia francesa está na posse do ADN do atirador de Paris

Polícia francesa está na posse do ADN do atirador de Paris
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A polícia francesa continua no encalço do atirador que disparou e feriu um fotógrafo do jornal “Libération” e atirou em direção do banco “Société Générale”, na segunda-feira, antes de ter obrigado um automobilista a conduzi-lo até aos campos elísios em Paris.

As autoridades desmentiram ter detido o homem, conforme tinha sido noticiado pelo jornal “Le Parisien”, mas garantem estar na posse de inúmeras pistas: fotografias, testemunhos e o próprio ADN.

A polícia fez um apelo aos cidadãos para fornecerem quaisquer elementos que possam levar à identificação do homem, que está a causar grande alvoroço na capital francesa.

O ministro do Interior, Manuel Valls, afirmou estar inquieto: “como ele ainda não foi detido, sabemos que pode agir a qualquer momento”, declarou.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.