Última hora
This content is not available in your region

Malala recebe prémio Sakharov para os Direitos Humanos

Malala recebe prémio Sakharov para os Direitos Humanos
Tamanho do texto Aa Aa

Malala Yousafzaï, a jovem paquistanesa de 16 anos alvo de tentativa de assassinato pelos Talibãs, recebeu nesta quarta-feira o prémio Sakharov para os Direitos Humanos.

A cerimómia decorreu no Parlamento Europeu e o galardão foi-lhe atribuído pela luta que tem desenvolvido a favor da educação das crianças paquistanesas e do resto da Ásia.

Símbolo da luta contra o extremismo religioso, Malala, de 16 anos, recebeu fortes aplausos.

“Dedico este prémio aos heróis desconhecidos do Paquistão e pessoas de todo o mundo que lutam pelos direitos humanos básicos.
Tenho esperança de que através da nossa unidade e determinação, podemos alcançar os nossos objetivos e ajudar os 57 milhões de crianças que precisam de nós e essas crianças não querem um iPhone, um X-Box, um PlayStation ou chocolates, elas só precisam de um livro e uma caneta”

Por ter denunciado as leis impostas pelos Talibãs entre 2007 e 2009 na região do Vale do Swat, noroeste do Paquistão, e defendido o direito das meninas irem à escola, Malala Yousafzai foi alvo de um ataque em 9 de outubro de 2012, quando voltava a casa num autocarro escolar.