Última hora
This content is not available in your region

A revolução europeia de Kiev

A revolução europeia de Kiev
Tamanho do texto Aa Aa

“Viva a revolução europeia” são algumas das palavras mais ouvidas, esta manhã, nas ruas de Kiev.

Os manifestantes não desarmam e depois de um fim de semana marcado por confrontos com as forças da ordem, milhares de pessoas voltaram a apelar à demissão do chefe de Estado.

Muitas passaram a noite ao relento e, esta segunda-feira, bloquearam os acessos aos edifícios governamentais.

Na origem dos protestos que fazem lembrar a Revolução Laranja de 2004 está a aproximação a Moscovo e o acordo de associação com a União Europeia que o presidente deixou cair por terra.

De acordo com a oposição, a manifestação deste domingo reuniu meio milhão de pessoas. A polícia fala em 150 mil.

Os manifestantes ocupam desde, ontem, alguns edifícios governamentais como é o caso da câmara municipal de Kiev.