Última hora
This content is not available in your region

GM custa 7,3 mil milhões de euros aos americanos

GM custa 7,3 mil milhões de euros aos americanos
Tamanho do texto Aa Aa

O Tesouro dos Estados Unidos desfez-se esta segunda-feira das últimas ações que detinha da General Motors (GM). Com isto, deu por encerrado o resgate da empresa automóvel que havia sido iniciado no pico da crise financeira de 2008.

Para os contribuintes americanos, fica a fava deste resgate à GM. A venda dos títulos adquiridos pelo Tesouro há quatro anos teve um prejuízo a rondar os 7,3 mil milhões de euros.

O Tesouro americano defendeu-se, garantindo que este resgate terá sido essencial para salvar a indústria automóvel dos Estados Unidos e milhões de postos de trabalho e pensões.