Última hora
This content is not available in your region

NATO reitera que o lugar da Ucrânia é na Europa

NATO reitera que o lugar da Ucrânia é na Europa
Tamanho do texto Aa Aa

Com a oposição determinada a exigir a demissão do Presidente Viktor Ianukovich, a NATO reitera que o lugar da Ucrânia é na Europa. Foi essa a mensagem dos embaixadores da Aliança Atlântica ao homólogo ucraniano, com quem reuniram, esta terça-feira, em Bruxelas.

“Os embaixadores expressaram firmemente que uma Ucrânia independente, soberana e estável é fundamental para a segurança europeia”, disse a porta-voz da NATO, Oana Lungescu, acrescentando que acompanham “com grande preocupação o que se passa na Ucrânia”.

A crise teve origem na recusa do Presidente em assinar um acordo com a UE, em benefício de uma aproximação à Rússia.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.