Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

MNE Guiné-Bissau: "Estamos a traficar seres humanos"

MNE Guiné-Bissau: "Estamos a traficar seres humanos"
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Já está detido, em Bissau, um suspeito traficante que terá recrutado e acompanhado os 74 passageiros com passaportes falsos que a TAP foi forçada a transportar da Guiné-Bissau para Lisboa.

A União Europeia, pela voz de Catherine Ashton, afirmou que a TAP foi coagida a fazer o transporte ilegal por um “membro superior das autoridades”, que o jornal Público identifica como sendo o ministro do Interior do governo de transição, António Suka N’Tchama.

Entretanto, o ministro dos Negócios Estrangeiros (MNE) guineense assumiu que o país está a “traficar seres humanos”, uma situação que o levou a pedir a demissão:

“Nós mandamos cocaína para outros países. Agora estamos a traficar seres humanos. Começa em Marrocos: A nossa representação diplomática dá vistos sem consultar a sede. Chegam com passaportes da Síria, partem com passaportes da Turquia. É muita confusão”, declarou Delfim da Silva à RTP.

As autoridades portuguesas estão a avaliar o pedido de asilo feito pelos passageiros ilegais, presumivelmente originários da Síria. O grupo é constituído por 38 homens, 21 crianças e 15 mulheres.

A TAP suspendeu os voos diretos entre Lisboa e Bissau por causa deste incidente.