A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Cimeira da UE aprofunda união bancária e parceria militar

Cimeira da UE aprofunda união bancária e parceria militar
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O acordo sobre um mecanismo para liquidar ou resgatar bancos em risco de falência na zona euro é o resultado prático mais esperado da cimeira de Inverno da União Europeia, que começou esta quinta-feira, em Bruxelas.

Trata-se de um pilar da união bancária, que os líderes dos 28 estados-membros classificam de essencial para lidar com a crise financeira, mas vão também fazer um ponto da situação sobre as medidas para emprego e financiamento das empresas.

Depois de cinco anos sem conversas de alto nível acerca de segurança e defesa, os chefes de Estado e de Governo debatem a possível partilha de meios militares e parcerias na indústria de defesa.

Na sexta-feira, analisam os conflitos na Síria e na República Centro-Africana, bem como as relações com a Ucrânia.