A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Tailândia: oposição reagrupa para grande manifestação

Tailândia: oposição reagrupa para grande manifestação
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Manifestantes antigovernamentais regressaram aos protestos diários em Banguecoque para tentar reagrupar o maior número de simpatizantes. O objetivo é aumentar a participação na grande marcha de contestação ao governo, planeada para o fim de semana.

Exigem que as eleições antecipadas de 2 de fevereiro se realizem mais tarde de forma a possibilitar reformas e assim, dizem, tornar o escrutínio justo. “Estamos contentes por termos eleições antecipadas, mas a forma como vão decorrer precisa ser mudada para que aconteçam de forma limpa e justa, sem corrupção. Estamos satisfeitos pelas eleições mas desta vez temos que as fazer de forma correta”, diz uma manifestante.

A primeira-ministra Yingluck Shinawatra decidiu devolver a palavra ao povo após uma série de protestos contra o governo.

Apesar das manifestações, a chefe de governo poderá ganhar novamente as eleições, pois goza de um grande apoio nas regiões rurais.