A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Rebeldes controlam capital de Estado petrolífero do Sudão do Sul

Rebeldes controlam capital de Estado petrolífero do Sudão do Sul
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O governo do Sudão do Sul admitiu ter perdido o controlo de Bentiu, a capital do Estado crucial de Unity, região petrolífera que alimenta a quase totalidade do orçamento do país.

A comunidade internacional multiplica esforços para evitar que o confronto que opõe o poder em Juba aos rebeldes do ex-vice-presidente Riek Machar se transforme numa guerra civil em larga escala.

O chefe da diplomacia do Sudão do Sul diz que “Machar conseguiu escapar pelo Nilo até à sua aldeia, Adok, a partir da qual lançou um ataque contra as instituições governamentais em Bentiu”.

Os Estados Unidos retiraram os seus cidadãos de Bor e reforçaram o contingente militar, depois do ataque que feriu quatro soldados norte-americanos na cidade. O presidente Barack Obama disse que, “se necessário”, poderão ser tomadas novas medidas.

O conflito entre Machar e o presidente Salva Kiir eclodiu a 15 de Dezembro. Só na capital, Juba, os combates fizeram mais de 500 mortos. O chefe das operações humanitárias da ONU no Sudão do Sul fez referência a “centenas de milhares” de deslocados através do país.