A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Líbano: morte de Chatah provoca aumento de tensões

Líbano: morte de Chatah provoca aumento de tensões
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Personalidades do mundo político reuniram-se este sábado para prestarem uma derradeira homenagem a Mohamad Chatah, antigo ministro das finanças, morto na sexta-feira em resultado de um atentado à bomba.

O ataque teve lugar no centro da capital libanesa, Beirute, e para além de Chatah morreram mais cinco pessoas.

A morte de Chatah constitui o culminar de uma série de atentados dirigidos contra políticos e figuras anti-Síria.

O antigo primeiro-ministro Saad al-Hariri aponta o dedo ao Hezbollah que já negou qualquer envolvimento.

Dentro de três semanas, o Tribunal Penal Internacional inicia o julgamento do assassinato do antigo primeiro-ministro Rafik Hariri, morto por uma viatura armadilhada em 2005.

Investigações preliminares realizadas pela ONU apontam para o envolvimento de funcionários da Síria.