Última hora
This content is not available in your region

Vizinhos querem demissão do presidente da RCA

Vizinhos querem demissão do presidente da RCA
Tamanho do texto Aa Aa

Países vizinhos da República Centro-Africana tentam o desafio de restaurar a ordem no país assolado pela violência.

Na cimeira extraordinária da Comunidade Económica dos Estados da África Central o presidente do Chade, Idriss Deby, convidou os participantes a observar um minuto de silêncio face à tragédia que já matou mais de 1000 pessoas nos últimos meses.

Momento de trégua na violência nas ruas de Bangui esta quinta-feira, altura em que tropas continuam a patrulhar bairro a bairro para evitar combates inter-religiosos.

Um contingente de militares franceses e africanos tem-se interposto entre rebeldes muçulmanos Seleka e milícias cristãs.

Esforços que têm ajudado a restabelecer a segurança mas que não deverão resolver a situação de fragilidade em que o país se encontra.

A primeira preocupação dos países da CEEAC, e do primeiro do Chade é a paralisia total do poder de Bangui e sua incapacidade de restaurar a ordem.

O país Presidente interino Michel Djotodia enfrenta pressões para se demitir.