A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Índia: 18 pessoas morrem esmagadas por uma multidão

Índia: 18 pessoas morrem esmagadas por uma multidão
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Na Índia, 18 pessoas morreram esmagadas por uma avalancha humana, durante o funeral de um líder religioso.

A tragédia ocorreu em Bombaím quando milhares de fiéis acorreram ao edifício onde foi depositado o cadáver de Syedna Mohamed Burhanudin, que morreu com 102 anos.

A maioria das vítimas faleceu por asfixia, esmagadas e pisadas por outras pessoas.

“Havia muitas pessoas a chegarem ao mesmo tempo e não foi dada a devida atenção por parte das autoridades e da polícia. Deviam ter estado aqui para gerir a situação”, diz uma testemunha.

Estes fenómenos são habituais na Índia, sobretudo durante serviços ou ritos religiosos.

Em outubro, mais de uma centena de pessoas morreu da mesma forma num festival em homenagem à deusa hindu, Durga, no estado do Madhya Pradesh.