Última hora

Ucrânia chega a acordo para abolir as polémicas leis repressivas

Ucrânia chega a acordo para abolir as polémicas leis repressivas
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O presidente da Ucrânia anunciou ter chegado a acordo com a oposição para revogar as polémicas leis, promulgadas este mês, que endureceram a repressão contra manifestações e limitam liberdades fundamentais.

Ambas as partes também concordaram numa amnistia para os manifestantes presos, na condição que os ativistas deixem os edifícios oficiais que ocuparam e retirem as barricadas das estradas.

Entretanto, o líder da oposição Arseni Iatseniuk recusou formalmente a oferta de Viktor Ianukovich para ser primeiro-ministro.

A chefe da diplomacia europeia, Catherine Ashton, aterra esta terça-feira em Kiev.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.