Última hora

Última hora

Método para criar células estaminais de forma rápida

Método para criar células estaminais de forma rápida
Tamanho do texto Aa Aa

Uma bióloga japonesa afirma ter desenvolvido um novo processo para fabricar células estaminais de uma forma simples e rápida.

Os métodos até agora conhecidos criam células a partir do embrião, um processo controverso, ou reprogramam células adultas retiradas da pele ou do sangue, um método demorado e com reduzidas taxas de sucesso.

Na nova técnica criada pelos cientistas japoneses, as células adultas transformam-se em células estaminais ao serem banhadas numa solução ácida.

Haruko Obokata lidera a equipa de investigadores.

“No futuro isto vai permitir-nos regenerar órgãos do corpo humano. Pode ajudar-nos a perceber como controlar a produção de células estaminais e como criar tecnologias para controlar o cancro”, afirmou Haruko Obokata, diretor do centro de Investigação em Biologia Riken.

Ao serem submetidas a uma situação de grande stress como alterar o PH para mais ácido, as células adultas transformaram-se em células estaminais embrionárias – células que têm a capacidade de desenvolverem e evoluírem para diferentes células do organismo humano.

“Estas células podem regressar a um estado embrionário. No futuro, talvez possamos realizar um sonho antigo que é impedir o envelhecimento”, referiu a investigadora.

Em 2012, dois cientistas japoneses ganharam o Prémio Nobel da Medicina por terem conseguido reprogramar células maduras e especializadas e transformá-las em células estaminais.

Por enquanto a nova técnica só foi testada com ratinhos de laboratórios mas os cientistas querem em breve testá-la com sangue humano.

Mais sobre science