Última hora
This content is not available in your region

Gravação de conversa telefónica embaraça política diplomática norte americana

Gravação de conversa telefónica embaraça política diplomática norte americana
Tamanho do texto Aa Aa

A gravação de uma conversa telefónica entre a subsecretária do Estado para a Europa, Victoria Nuland, e o embaixador dos Estados Unidos em Kiev, Geoffrey Pyatt, publicada na terça-feira no Youtube, revela uma clara mudança na estratégia de Washington para a transição política da Ucrânia e um rude golpe na União Europeia.

Nuland encontrou-se separadamente esta quinta-feira com o Presidente Yanukovitch e com os principais líderes da oposição.

Na conversa, Nuland refere-se a um eventual envolvimento das Nações Unidas na resolução política da crise ucraniana.

Victoria Nuland: “…Acho que seria ótimo ajudar a colar esta ideia e ter a ajuda da ONU. Que se f*** a União Europeia.”

Geoffrey Pyatt: “Exatamente. Acho que temos de fazer alguma coisa para que isso não caia, porque pode ter a certeza de que se começar a ganhar altitude, os russos estarão pela calada a tentar torpedear.”

A origem da gravação é desconhecida, bem como a identidade de quem a publicou.

Fontes oficiais norte-americanas declinaram confirmar o conteúdo da gravação, mas não puseram em causa a sua autenticidade.

“Trabalhamos muitíssimo de perto com a União Europeia e os seus representantes. A subsecretária de Estado Nuland faz o mesmo no que concerne à Ucrânia. Ela contactou com Ashton, a representante da União Europeia, e os seus homólogos e sublinho que obviamente pediu desculpa”, disse a porta-voz do Departamento de Estado, Jen Psaki.

A Euronews contactou o gabinete de Catherine Ashton que afirmou não comentar “alegadas fugas de conversas diplomáticas privadas”.