A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Tunísia: Detido presumível assassino de um deputado da oposição

Tunísia: Detido presumível assassino de um deputado da oposição
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Foi detido o assassino presumível do deputado de oposição tunisino Mohamed Brahmi.

A detenção ocorreu em Ariana, perto da capital, Tunis, onde as forças de segurança deram o assalto a uma casa, na qual se encontrava um grupo terrorista, segundo informações do Ministério do Interior.

Entre as quatro pessoas detidas está Hmed el-Melki, conhecido como o “Somali”, e assassino presumível do deputado.

Várias armas foram igualmente apreendidas durante a operação.

O assassinato de Mohamed Brahmi, em julho último, foi o segundo de um opositor político, na Tunísia do pós-Primavera.

Em fevereiro, Chokri Belaid, advogado e ativista de esquerda, tinha sido morto da mesma forma: a tiro, à porta de casa.

Nunca reivindicados, os dois assassinatos foram atribuídos, pelas autoridades, ao grupo jiadista Ansar Al-Sharia e mergulharam a Tunísia na crise política que o país tem vivido nos últimos meses.

A detenção do “Somali” decorre uma semana depois do anúncio da morte de Kamel Gadhgadhi – assassino presumível de Belaid – também durante uma operação antiterrorista.