A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Ucrânia: Polícia de Radekhiv pega nas armas e coloca-se do lado da oposição em Kiev

Ucrânia: Polícia de Radekhiv pega nas armas e coloca-se do lado da oposição em Kiev
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Polícias recebidos com aplausos na Praça da Independência. Não é um engano, são agentes da ordem de uma pequena cidade a norte de Lviv que desceram à capital, Kiev, para se colocarem na linha da frente e proteger os manifestantes da Berkut, a temida polícia de choque.

“Como é que podemos ficar indiferentes se estão a disparar sobre uma população pacífica? Como é que podemos continuar tranquilamente? Jurámos proteger o povo ucraniano, não um bando de oligarcas”, afirmou o chefe da polícia de Radekhiv.

Vasil Krikovsky serviu no Afeganistão antes de dirigir a esquadra de Radekhiv, 70 quilómetros a norte do coração nacionalista da Ucrânia, Lviv. Trouxe uma centena de agentes e armas que não hesitará em utilizar para defender os seus concidadãos, mesmo que para isso tenha de disparar sobre os colegas.