A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Qantas vai despedir 5000 funcionários

Qantas vai despedir 5000 funcionários
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Qantas vai suprimir 5000 postos de trabalho na sequência dos pesados resultados negativos da companhia aérea australiana no primeiro semestre de 2013.

A Qantas apresentou prejuízos líquidos de mais de 150 milhões de euros nos primeiros seis meses do ano passado e vai por isso cortar 15% do pessoal.

O diretor executivo não escapa aos cortes. Alan Joyce verá o salário encolher 36%.

Até 2017, a companhia conta reduzir para 27 mil, o número de funcionários e pretende poupar perto de 2000 milhões de euros.

A Qantas responsabiliza o elevado preço dos carburantes e uma concorrência feroz pelos resultados negativos que apresentou.