Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Ucrânia encerra espaço aéreo a aviões não civis

Ucrânia encerra espaço aéreo a aviões não civis
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

As ações de Vladimir Putin estão a ser encaradas por Kiev como uma declaração de guerra.

Depois de mobilizar os soldados na reserva, o governo ucraniano encerrou o espaço aéreo do país a aviões não civis para preservar a integridade territorial.

Muitos países, entre eles Portugal, já expressaram a preocupação com a situação na Crimeia.

Os ucranianos pedem mais:

“Precisamos da ajuda internacional e não apenas de mensagens. Precisamos de medidas concretas” refere um ucraniano.

Uma ucraniana, acrescenta: “Penso que as Nações Unidas, os Estados Unidos e a União Europeia nos deviam ajudar. Se vivêssemos longe da Rússia isto não estaria a acontecer.”

A maratona diplomática, em curso, ainda não deu frutos. O Conselho de Segurança da ONU tem agendada uma nova ronda de discussões. Esta segunda-feira, é a vez dos ministros dos Negócios Estrangeiros dos 28 se reunirem.