A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Prejuizos históricos da RWE

Prejuizos históricos da RWE
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O segundo maior produtor de energia da Alemanha, a RWE, terminou o ano de 2013 com perdas de 2,8 mil milhões de euros. São os primeiros prejuízos em 60 anos.

A RWE sofreu uma desvalorização de 5 mil milhões de euros dos ativos. A isto junta-se um recuo do consumo e a concorrência das energias renováveis, que beneficiam de ajudas públicas.

A empresa alemã reconhece que as centrais a gás e carvão serão ainda menos rentáveis nos próximos anos e prevê novas dificuldades em 2014.