Última hora
This content is not available in your region

Mais dois mortos em protestos na Venezuela

Mais dois mortos em protestos na Venezuela
Tamanho do texto Aa Aa

Os protestos que sacodem a Venezuela fizeram mais dois mortos. Esta quinta-feira, um polícia militar e um motociclista faleceram durante os confrontos na localidade de Los Ruices, a leste da capital Caracas. A oposição acusou o Presidente Nicolas Maduro de fomentar a violência ao pedir aos apoiantes para apagar os focos de contestação.

Maduro condenou as novas mortes e atribuiu-as a um grupo de vândalos. Mas insistiu: “Peço ao povo que não se desvie do caminho da paz. Disse-o e repito-o: uma vela que se acende é uma vela que se apaga. É assim que tem de ser”.

Os protestos contra o Governo duram há três semanas e provocaram cerca de vinte mortos, 300 feridos e mil detidos. Oitenta e nove jornalistas foram alvo de agressões, roubos e detenções arbitrárias, de acordo com o sindicato dos profissionais da imprensa. As pessoas manifestam-se contra a insegurança, a inflação e a penúria alimentar num dos países que tem as mais importantes reservas de petróleo do mundo.