Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Ucrânia: Rada Suprema dissolve Parlamento da Crimeia

Ucrânia: Rada Suprema dissolve Parlamento da Crimeia
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Rada Suprema da Ucrânia (Parlamento) dissolveu este sábado a assembleia legislativa da república autónoma da Crimeia, que convocou para domingo um referendo sobre a sua anexação à Rússia.

A decisão, aprovada por 278 dos 296 deputados presentes entrou imediatamente em vigor.

“Se dissolvermos o parlamento da Crimeia, com quem negociaremos no futuro? Declaramos o referendo inconstitucional, mas não é o fim da Ucrânia nem da Crimeia. Serão necessárias negociações depois do referendo e temos de ter alguém com quem negociar”, afirmou a deputada Hanna Herman, do Partido das Regiões.

A decisão da Rada Suprema surge após o Tribunal Constitucional ter declarado inconstitucional o referendo convocado pelo Parlamento da Crimeia.

“Esta decisão da Rada ajuda apenas moralmente, dado que será mais fácil agora pressionar algumas pessoas que estão a tomar decisões ilegais”, disse um habitante de Kiev.

Alheias às decisões de Kiev, as autoridades da Crimeia vão avançar com o referendo que deverá decidir a integração da península na Rússia ou a permanência na Ucrânia.