Última hora
This content is not available in your region

Antigo corretor francês ilibado do pagamento de 4,9 mil milhões de euros

Antigo corretor francês ilibado do pagamento de 4,9 mil milhões de euros
Tamanho do texto Aa Aa

O Supremo Tribunal de Justiça francês confirmou a condenação de Jérôme Kerviel, a três anos de prisão efetiva, mas ilibou o antigo corretor da Société Générale do pagamento de uma indemnização de 4,9 mil milhões de euros tal como exigia o banco.

Foi durante uma caminhada entre Roma e Paris contra “a tirania dos mercados” que Kerviel tomou conhecimento do que classificou de “uma excelente notícia.”

Acusado de ser responsável por perdas de cerca de 5 mil milhões de euros, o antigo funcionário bancário disse sempre que se limitou a cumprir ordens.

Em 2012 foi condenado por abuso de confiança, falsificação de documentos e introdução fraudulenta de dados no sistema informático do banco.