A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Edward Snowden ainda não disse tudo

Edward Snowden ainda não disse tudo
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Numa conferência da plataforma TED no Canadá, o ex-analista da Agência Nacional de Segurança dos Estados Unidos (NSA) que denunciou as ações de espionagem do governo americano no ano passado afirma que ainda não disse tudo o que sabe.

Estima-se que ele tenha em sua posse cerca de 1,7 mil milhões de documentos confidenciais da agência de segurança.

Snowden, que denunciou as ações de espionagem do governo americano no ano passado, fez uma aparição surpresa durante o evento por videoconferência e revelou que gostaria de voltar para os Estados Unidos caso tivesse imunidade – atualmente, encontra-se na Rússia.

O ex-analista disse que ainda há muitas denúncias a serem feitas, inclusive de que a NSA engana as empresas construindon entradas clandestinas nos sistemas, o que permite que haja falhas e que os dados fiquem vulneráveis a pirataria.