Última hora

Episódios de violência na Crimeia fazem um morto

Episódios de violência na Crimeia fazem um morto
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A base da marinha ucraniana no porto do Mar Negro, na cidade de Sebastopol, foi invadida por um grupo de milicianos pró Rússia e, esta manhã, foram hasteadas bandeiras russas.

O governo de Kiev já disse que não vai ceder a atos similares. Este é mais um incidente a agudizar a tensão no território.

O grupo formado por cerca de 200 milicianos pró-russos invadiu a base naval, o ministro da defesa ucraniano afirmou que as forças do país não saem da Crimeia.

Ontem à noite um soldado ucraniano foi morto num taque a outra base. É a primeira morte registada desde que forças favoráveis a Moscovo assumiram o controlo da península, em fevereiro.

No entanto, há divergências quanto à morte. Um órgão de imprensa russo diz que o homem era membro das forças de autodefesa pró-russas. Uma segunda pessoa também ficou ferida.

Nenhum dos dois relatos pode ser confirmado de forma independente.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.