Última hora

Israel confirma incursão militar em território sírio

Israel confirma incursão militar em território sírio
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Tensão nos Montes Golã. Israel atacou posições do exército sírio, após a explosão de uma bomba que provocou ferimentos em quatro paraquedistas perto da linha de cessar-fogo com a Síria.

De acordo com o último balanço, os ataques aéreos – quatro no total – provocaram um morto e sete feridos. O exercito sírio diz que o Estado Hebraico representa uma ameaça à segurança do Médio Oriente.

As incursões militares no território sírio já foram confirmadas pelo primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu:

“Os alvos eram elementos sírios que não só permitiram como colaboraram em ataques contra as forças israelitas. A nossa política é clara: atacar quem nos ataca e impedir o tráfico de armas por mar, terra e ar. Por vezes, somos obrigados a levar a cabo operações agressivas para garantir a tranquilidade.”

Entre os alvos estão quartéis-generais, uma infraestrutura para treinos e baterias de artilharia.

Israel ocupa desde 1967 cerca de 1200 km2 dos Montes Golã, território que mais tarde anexou. Uma ação que nunca chegou a ser reconhecida internacionalmente.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.