Última hora
This content is not available in your region

Geert Wilders no centro de um novo escândalo

Geert Wilders no centro de um novo escândalo
Tamanho do texto Aa Aa

Geert Wilders, o deputado holandês de extrema-direita está de novo debaixo de fogo.

Em causa as declarações contra a comunidade marroquina proferidas durante um comício em Haia para as eleições municipais.

Um deputado do Partido para a Liberdade abandonou mesmo o grupo parlamentar depois de ouvir estas palavras:

“Pergunto-vos querem mais ou menos marroquinos nesta cidade e na Holanda?”

A multidão respondeu menos. Wilders prometeu resolver a questão.

No espaço de um dia, foram apresentadas mais de 100 queixas por discriminação contra o deputado de extrema-direita. Também, o site da polícia foi inundado com centenas de emails da comunidade marroquina a pedir justiça.

“Tenho pena que Wilders não ganhe as eleições para mostrar como iria resolver o problema dos marroquinos” afirma uma holandesa de origem marroquina.

Se depender da comunidade marroquina, Wilders vai continuar na oposição. Nas municipais, o Partido para a Liberdade manteve a câmara de Aldere, nos arredores de Amesterdão e ficou em segundo lugar na corrida à de Haia.