A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Talibãs reivindicam ataque mortífero a hotel em Cabul

Talibãs reivindicam ataque mortífero a hotel em Cabul
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Subiu para nove o número de vítimas mortais de um ataque a um luxuoso hotel em Cabul, no Afeganistão.

As vítimas mortais são os atacantes, ao que tudo indica jovens menores de idade.

Os insurgentes foram abatidos pela polícia após um tiroteio que durou mais de duas horas.

“Os talibãs reivindicaram o ataque. Os elementos em causa eram militantes da rede Haqqani e são inimigos do Afeganistão” refere o porta-voz do ministro afegão do Interior, Sediq Sediqqi.

Em 2008, o hotel tinha sido já alvo de um ataque suicida que provocou seis mortos.

A segurança foi depois reforçada e o hotel – o único frequentando por estrangeiros – passou a ser considerado o mais seguro da capital afegã.