Última hora
This content is not available in your region

Eleições locais turcas são roleta russa para Erdoğan

Eleições locais turcas são roleta russa para Erdoğan
Tamanho do texto Aa Aa

Recep Tayyp Erdoğan joga o tudo ou nada nas eleições locais turcas deste domingo. O futuro político do atual primeiro-ministro, que pensa candidatar-se às presidenciais de setembro, depende em grande medida do resultado destas eleições, em particular do que vai acontecer nas duas maiores cidades do país, Istambul e Ancara, entre acusações de corrupção.

“Apesar das provas de que as pessoas tiveram conhecimento dos recentes debates sobre as acusações de corrupção contra o primeiro-ministro e figuras cimeiras do AKP, isso parece não estar a ter impacto nas intenções de voto, pelo menos em termos de grandes números, por aquilo que eu sei”, diz o analista político Ersin Kalaycıoğlu.

Aos escândalos, juntam-se as recentes decisões polémicas de proibir plataformas como o Twitter e, mais recentemente, o Youtube, o que é visto como um atentado à liberdade de expressão: “Se o AKP perde a posição de primeiro partido do país, Erdoğan pode ter que reconsiderar a posição que tem na economia do país. Se o partido tiver à volta de de 40%, ou 38%, como teve em 2009, as esperanças de ser candidato presidencial podem também tornar-se menos credíveis”, acrescenta Kalaycıoğlu.

A Turquia viveu os dez meses mais agitados dos últimos anos, a começar com os protestos em massa no Parque Gezi, em Istambul, em maio do ano passado, e a acabar nos recentes bloqueios do Twitter e do Youtube.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.