A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Rússia pede explicações à NATO

Rússia pede explicações à NATO
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Moscovo pede respostas à NATO. Além de suspender a cooperação civil e militar com a Rússia, a Aliança-Atlântica decidiu reforçar as relações com a Ucrânia e com outros parceiros na Europa de Leste.

Moscovo não gostou de saber que o reforço da capacidade defensiva nas regiões limítrofes à Rússia é uma das possibilidades em cima da mesa.

O ministro dos Negócios Estrangeiros russo pede à NATO que respeite os acordos bilaterais assinados com Moscovo. Compromissos que, de acordo com Serguei Lavrov, não incluem o reforço da presença militar no leste do território europeu.

Lavrov justificou a presença de tropas russas ao longo da fronteira com a Ucrânia como um direito. Garante, ainda, que o retorno às bases está para breve, ou seja, depois de concluídos os exercícios militares.