A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

África do Sul: Terminado o contrainterrogatório de Oscar Pistorius

África do Sul: Terminado o contrainterrogatório de Oscar Pistorius
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Em Pretória o procurador Gerrie Nel, que sustenta a acusação de homicídio contra Oscar Pistorius, acusou novamente o atleta de matar a namorada intencionalmente.

Gerrie Nel terminou o contrainterrogatório
e pediu o adiamento do julgamento até ao dia 5 de maio, o que está a ser ponderado pela juíza Thokozile Masipa, que preside ao julgamento do campeão paralímpico sul-africano.A ser julgado desde 3 de março, Pistorius afirma que disparou contra a namorada “por acidente” porque pensava que um ladrão havia entrado em sua casa.

O procurador acusa Pistorius de estar a inventar uma versão “mais conveniente” dos factos.

Ao esmiuçar uma por uma as declarações
do arguido, a acusação tentou lançar dúvidas sobre a versão apresentada por Pistorius, que classificou como pouco plausível, destacando as alterações ou eventuais contradições dos depoimentos do atleta referentes à madrugada em que atingiu mortalmente a tiro a namorada Reeva Steenkamp.

O procurador acusou também Pistorius de ser egocêntrico e de ter humilhado a vítima em diversas ocasiões.