A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Petróleo sobe com tensão na Ucrânia

Petróleo sobe com tensão na Ucrânia
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Os preços do petróleo atingem máximos de várias semanas. Os investidores reagem à escalada da tensão na Ucrânia e a receiam novos desacordos internacionais. Medos acentuados pelo longo fim de semana da Páscoa e pela perspetiva de que a retoma das exportações líbias não será para breve.

Esta quarta-feira, em Londres, o barril de Brent, para entrega em junho, chegou a superar os 110 dólares, o valor atingido no início de março.

Em Nova Iorque, o crude West Texas Intermediate (WTI) tocou 104,59 dólares, o que não acontecia há um mês. A cotação aproxima-se da registada em setembro.