Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Eslovénia: Primeira-ministra entregou pedido de demissão

Eslovénia: Primeira-ministra entregou pedido de demissão
Tamanho do texto Aa Aa

Como já tinha anunciado, a primeira-ministra eslovena apresentou a demissão esta segunda-feira. O pedido abre agora caminho para eleições antecipadas no país, que podem acontecer a 22 de junho.
Alenka Bratusek já tinha explicado na semana passada que não podia manter-se no cargo que assumiu há pouco mais de um ano, por causa de divergências dentro da coligação que lidera. A crise política no país agravou-se no final de abril com a eleição do rival de Bratusek, Zoran Jankovic, para a liderança do partido Eslovénia Positiva.

A ainda chefe do executivo esloveno esteve esta segunda-feira a participar numa conferência da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) em Paris, lembrou que a “Eslovénia está no caminho da recuperação e existem sinais encorajadores da atividade económica, com um crescimento de 2.1% no último trimestre de 2013.”

Recorde-se que a Eslovénia tem o mais elevado défice da União Europeia. Além disso, o governo foi obrigado a recapitalizar três dos maiores bancos do país e continua a tentar evitar, a todo o custo, o recurso a um plano de ajuda externa.