A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Morreu o homem que escondeu obras roubadas a judeus

Morreu o homem que escondeu obras roubadas a judeus
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Morreu Cornelius Gurlitt, o colecionador de arte, alemão, de 81 anos, que escondeu, durante décadas, obras roubadas a judeus na Alemanha nazi. Gurlitt herdou obras, dadas como perdidas ou destruídas, de nomes como Picasso ou Matisse. Em 2012 as autoridades tributárias descobriram o espólio que deverá regressar às famílias originais.