Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Gazprom apresenta fatura choruda à Ucrânia

Gazprom apresenta fatura choruda à Ucrânia
Tamanho do texto Aa Aa

A Ucrânia começa a pagar a fatura do braço-de-ferro político e territorial com a Rússia.

A Gazprom, monopólio russo do gás, apresentou à Ucrânia uma conta de 1,2 mil milhões de euros, como pré-pagamento pelas entregas de junho.

Depois de ter feito um desconto significativo à Ucrânia durante a presidência de Yanukovich, a Rússia quase duplicou o preço para os 485 dólares por mil metros cúbicos, depois do movimento popular que ditou a queda do ex-presidente.

No comunicado, a Gazprom, além de exigir esta soma pelas entregas de gás, diz que a Ucrânia tem apenas metade das reservas necessárias para o próximo inverno.

O novo governo ucraniano insiste no preço antigo e ameaça levar a Gazprom a tribunal se não se chegar a um acordo até ao dia 28 de maio.