Última hora

Turquia: três novos detidos e governo promete "plano de ação" após tragédia mineira

Turquia: três novos detidos e governo promete "plano de ação" após tragédia mineira
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades turcas detiveram três outros responsáveis da companhia que dirigia a mina de Soma, no Oeste do país, onde morreram 301 pessoas na semana passada.

O diretor-geral da empresa, Ramazan Dogru, é o mais recente acusado de homicídio involuntário na sequência da tragédia. Ao total, sete responsáveis da mina encontram-se detidos, depois da polícia ter interrogado 25 pessoas.

Acusado de negligência na sequência da mais mortífera catástrofe mineira na história da Turquia, o governo de Recep Tayyip Erdogan anunciou um “plano de ação” para reforçar a segurança nas minas do país.

Nos últimos dias, o executivo tem enfrentado manifestações nas principais cidades turcas, frequentemente reprimidas pela polícia.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.