Última hora

Última hora

Braço robótico ultrarrápido

Em leitura:

Braço robótico ultrarrápido

Braço robótico ultrarrápido
Tamanho do texto Aa Aa

Investigadores da Escola Politécnica Federal de Lausanne, na Suíça, desenvolveram um braço robótico capaz de recalcular rotas de objetos de forma ultrarrápida e apanhá-los.

O braço, que mede 1 metro e meio, tem uma mão com quatro dedos e, à volta, uma série de câmaras que modelam o movimento do objeto, baseado na trajetória, velocidade e movimento de rotação.

“Ensinámos ao robô a apanhar um objeto a partir de diferentes direções. Ao mesmo tempo, ensinámos-lhe a coordenação necessária entre o braço e os dedos para conseguir apanhar o objeto. Juntámos dados e criámos modelos que ajudam o robô a prever o melhor movimento para apanhar o objeto e a fechar melhor os dedos no momento certo”, explica o investigador Ashwini Shukla.

Os investigadores defendem que o braço pode ser utilizado no Espaço, como explica Aude Billard: “Imagine que o robô está acoplado a um satélite, à procura de lixo espacial. Enquanto observa os detritos em rotação vai deduzir qual é a sua velocidade e para onde se vão mover, para que o braço possa recolhê-los e trazê-los para a Terra.”

A vantagem deste robô é que recalcula as rotas dos objetos de forma quase instantânea, enquanto os robôs ditos convencionais precisam de mais tempo para calcular as possibilidades e mover-se.

Mais sobre hi-tech