A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Presidente chinês promete "mão de ferro" após ato terrorista

Presidente chinês promete "mão de ferro" após ato terrorista
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Os testemunhos relatam uma violência inédita nesta região chinesa: ao início da manhã, dois veículos todo-o-terreno irromperam por um mercado na cidade de Urumqi. Antes de um deles deflagrar, foram lançados contra a multidão vários explosivos. Balanço: mais de 30 mortos e perto de uma centena de feridos.

Este atentado tem lugar na conturbada região de Xinjiang, que faz fronteira com vários países da Ásia Central, e onde Pequim tem reforçado a segurança devido às crescentes tensões com a comunidade uigur, a etnia mais presente nesta parte do país.

O presidente Xi Jinping veio prontamente declarar que irá “castigar severamente os terroristas” e “reprimi-los com mão de ferro.”