Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Europeias 2014: Irlanda e República Checa votam depois da desilusão dos anti-UE na Holanda

Europeias 2014: Irlanda e República Checa votam depois da desilusão dos anti-UE na Holanda
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Irlanda e República Checa votam esta sexta-feira para o Parlamento Europeu depois da desilusão dos populistas eurocéticos na Holanda, no arranque das eleições europeias.

Enquanto a maior parte dos 28 Estados-membros da União se prepara para o dia de reflexão, cerca de 3 milhões de irlandeses são chamados a escolher 11 eurodeputados para o Parlamento de Estrasburgo. Na República Checa, o voto prolonga-se este sábado.

As europeias arrancaram com as votações na Holanda e no Reino Unido.

Em terras de Sua Majestade não foi autorizada a divulgação de projeções, mas é esperada a vitória dos populistas do UKIP, o que, a confirmar-se, será a primeira vez que um partido que não o trabalhista ou o conservador vence umas eleições nacionais.

Na Holanda, os populistas eurocéticos do Partido da Liberdade de Geert Wilders terão perdido votos e um ou dois deputados, segundo as sondagens à boca das urnas.

Os resultados finais só serão anunciados no domingo depois do sufrágio. 400 milhões de eleitores da União Europeia são chamados a eleger os 751 deputados do Parlamento Europeu.

European parliament elections