A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Presidenciais no Egito com vencedor anunciado

Presidenciais no Egito com vencedor anunciado
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Os egípcios votam hoje e amanhã em eleições presidenciais com poucas dúvidas quanto à eleição do antigo chefe do Exército Abdel Fattah al-Sissi.

Cinquenta e três milhões de eleitores são chamados às urnas para escolher entre o novo homem forte do país, que derrubou o presidente islamita Mohamed Morsi, em julho de 2013, e o político veterano da esquerda egípcia Hamdeen Sabbahi.

Ambos os candidatos votaram durante a manhã no Cairo. Para exemplificar o favoritismo indiscutível de al-Sissi, basta olhar para os números avançados pela comissão eleitoral acerca dos votos antecipados dos egípcios residentes no estrangeiro: perto de 95 por cento a favor do antigo chefe do Exército.

A Irmandade Muçulmana que apoiava Morsi e grupos como o Movimento de jovens 6 de Abril classificam o escrutínio de “farsa”.