Última hora
This content is not available in your region

Balcãs recuperam depois da devastação das últimas cheias

Balcãs recuperam depois da devastação das últimas cheias
Tamanho do texto Aa Aa

A região dos Balcãs tenta recuperar depois da devastação causada pelas piores inundações dos últimos anos.

Mais de meia centena de pessoas morreu na Sérvia, Bósnia e Croácia.

Os habitantes de Obrenovac, na Sérvia, regressam a casa para um cenário de desolação.

Para muitos é o recomeçar do zero, depois de perderem tudo…

“Não haverá mais vida aqui nos próximos dois meses”, afirma este sérvio. “Ajudamo-nos uns aos outros… Eu durmo num monte, na casa de um amigo. Isto é tudo o que tenho… O que tenho vestido é tudo que tenho agora…”, conclui.

Os danos causados pelas inundações na Sérvia e na Bósnia Herzegovina, os países mais afetados, ascendem as centenas de milhões de euros.

A produção de eletricidade na Sérvia reduziu-se em 40 por cento.

Em Srebrenica, na Bósnia Herzegovina, os aluimentos de terra e a força das águas devastaram grande parte das produções agrícolas.

“Como se pode ver, os estragos são enormes… A estrada desapareceu e as rosas estão completamente destruídas”, informa uma agricultora.

Em Skopje, capital da República da Macedónia, alguns dos artistas do país reuniram-se em concerto de recolha de fundos para ajudar as populações afetadas pelas inundações nas vizinhas Sérvia e Bósnia Herzegovina.