Última hora

Nigéria: Obasanjo tenta negociar libertação das adolescentes sequestradas pelo Boko Haram

Nigéria: Obasanjo tenta negociar libertação das adolescentes sequestradas pelo Boko Haram
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O ex-presidente da Nigéria, Olusegun Obasanjo, encontrou-se esta terça-feira com emissários do grupo terrorista Boko Haram, para tentar negociar a libertação das 223 raparigas sequestradas pelo grupo em meados de abril, em Chibok, no nordeste da Nigéria.

Já esta terça-feira, o governo dos Camarões enviou para a fronteira com a Nigéria um destacamento de mil soldados e carros de combate, para impedir o Boko Haram de entrar no território do país e desencadear atos terroristas.

Entretanto, as autoridades militares nigerianas confirmam saber o paradeiro das adolescentes, mas afirmam que uma operação militar de libertação pode pôr em risco a vida das jovens.

“É muito difícil imaginar que eles sabem onde estão as meninas e não podem fazer nada. O que mais me chocou foi saber que os militantes estão a propor a troca de cem militantes por 50 meninas”, afirma uma mulher.

Segundo a agência AFP, o governo tentou a libertação das raparigas em troca de militantes islamitas, mas o presidente Goodluck Jonathan mudou de ideias, após a cimeira de Paris.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.